Visite o SPIN
SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

segunda-feira, 31 de março de 2014

Revelação de sonho desta noite: A história na linha do tempo

Sonhei e distrai-me
E esqueci
Como pude não estar atento para a revelação de sonho
Isso
A arte é isso: O registro daquilo que se nos apresenta
Mas temos que estar atentos
Assim como se fôssemos e somos com o dedo no gatilho para paaaaaa!!!
Registrar
E não registrei
Ocupei-me com questões de forma quando deveria ter escrito o texto que se apresentou na minha mente
Como fazer arte agora desta forma distante
Não gosto
Bom mesmo é a temperatura da obra antes de abrir os olhos
Antes de sair da cama
E como era mesmo
Foi-me revelado uma obra
Tenho leve lembrança sobre ela
Preciso de uma pessoa que me sirva como ALEX*
ALEX sigla para Amparador da Liberdade de Expressão
Ah, agora me lembro, o Alex(andre) expôs umas obras minha em Macapá
Não dei a menor importância, até pareceu desprezo desfeita mas não foi o caso
O problema Alexandre, é que a coisa transcorria no WhatsApp e o meu dispositivo travou
Não funciona mais, estranho meu WhatsApp não funcionar há quase uma semana
Um momento, vou ver
Voltei
Todas as imagens que estavam no dispositivo foram apagadas
Quer dizer, todas não, mas tão somente as do grupo Curador, que era arte
Não uma arte qualquer mas esta arte das mais difíceis e, ao mesmo tempo, (in)significante
Um momento, vou comunicar ao Alexandre o ocorrido
Eu volto
Inté.
Voltei, mas tudo isso é tão tênue
(   ) Efêmero
Tenho medo que, assim como o WhatsApp foi violado, este blog também o seja
Logo agora que a boca do jacaré se fechou
Tradução: É que vinha numa trajetória de postagens sobre o mundo ordinária quando de repente, ao deparar-me com o dia 15, vi que em algum dia havia feito arte(aqui)
Levei um choque: Era eu mesmo?????
Não sei
Um momento
A linha do tempo
Ah sim, agora lembrei-me ao levantar-me
Preciso reconstituir a linha do tempo
Um momento
Volto já com a linha do tempo

Eu tenho coisas na boca do tempo, ops, eu quis dizer linha
Linha do tempo
Linha ou boca, tanto faz

Compartilhei isso no facebook com o seguinte adendo:

HOJE EXPERIMENTEI O MEU LADO ÁGUA
E não é que isso aconteceu
Não esperava não programei apenas aconteceu
Exatamente no momento em que dormia
(    ) De olhos fechados para ver
Não no tempo
Não na linha do tempo mas no tempo em si
O maior mistério: A arte
E por acaso é arte estas coisas que brotam do raciocínio: Evidente que não
Por isso estava-me ocupando com coisas do mundo ordinário
A observar o mundo com uma luneta quando de repente, após postar sobre o golpe contra João Goularte, deparei-me com uma obra de arte no dia 15 no calendário spin
Dormi com aquilo e tive a seguinte revelação: Uma obra de arte
Distrai-me e não apreendi a obra
É o que estou tentando fazer a partir de agora
Lembrar-mE
Em tempo: Agora vi que escrevi ÁGUA ao invés de ÁGUIA
aH tanto faz, pois é assim quando trabalhamos em ponto cego
As coisas tremem,
Inté.


quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Quem matou Jesus



E por acaso é isso que ele recebe em troca por, assim como se fosse e é um atlas, spin deus, humano, carregar o mundo nas costas: Uma criança assassinada como presente na nascente do rio no momento em que construia a obra "O Enterro da Morte" e foi quando enterrou ponta-cabeça os tubérculos cebolas bravas e foi quando decretou que a morte estava enterrada encerrada terminada ao mesmo tempo em que há uma verdade insofismável: A loucura é mil vezes pior que a morte.  É esse o tal barbosismo, essa cykty



E por acaso é isso que ele recebe em troca por, assim como se fosse e é um atlas, spin deus, humano, carregar o mundo nas costas: Uma criança assassinada como presente na nascente do rio no momento em que construia a obra "O Enterro da Morte" e foi quando enterrou ponta-cabeça os tubérculos cebolas bravas e foi quando decretou que a morte estava enterrada encerrada terminada ao mesmo tempo em que há uma verdade insofismável: A loucura é mil vezes pior que a morte.  É esse o tal barbosismo, essa cykty



Alex(andre) spin amigo humano, quase fui assassinado por um deicida
Eles continuam ali
E se por acaso eu for assassinado avisa a minha familia o motivo: A construção de uma obra de arte
Os videos fotos da obra estão comigo e eles estão no meu encalço e por isso estou usando esta buka islâmica cristã
Eu não pensava que o ser humano fosse tão vil e com capacidade tão grande de disfarce
Imagina só que eu estava tranquilo filmando a pode de uma árvore pela Empresa de Limpeza Urbana e o faxineiro me ameaçou de morte e fez sinal de que iria sacar uma arma
Que crime eu estava cometendo é que não sei, até mesmo pq dias atrás fiz o mesmo registro e os empregados escravos faxineiros da Limpeza adoraram e eles até me deram um trono de presente
Francamente não entendi, volto ao assunto, estou em estado de choque
Alexandre, preciso da sua ajuda

Em tempo: Vou ver se consigo publicar dois videos que demonstram pq quase fui assassinado: A arte


ASSIM COMO SE FOSSE UM ATLAS



E por acaso é isso que ele recebe em troca por, assim como se fosse e é um atlas, spin deus, humano, carregar o mundo nas costas: Uma criança assassinada como presente na nascente do rio no momento em que construia a obra "O Enterro da Morte" e foi quando enterrou ponta-cabeça os tubérculos cebolas bravas e foi quando decretou que a morte estava enterrada encerrada terminada ao mesmo tempo em que há uma verdade insofismável: A loucura é mil vezes pior que a morte.  É esse o tal barbosismo, essa cykty




Socorro ALEX AMPAdor da liberdade de expressão, esse não pe Alex e sim Caronte, cruz in credo


sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Luz do Mundo ou: Morte aos infelizes ou misóginos ou homofóbicos ou racistas ou...



 Ao tomar banho ele retornou para a sua caverna de Platão construída conforme a revelação de ontem a tarde quando sonhou olhou foi uns arco-iris: Vc é a luz do mundo e todos o são qualquer um de nós o é: O conhecimento é uma construção coletiva

Todos sabem na mesma quantidade sendo que a única diferença entre um e outro é quanto à cons(ciência) deste saber Muitos não o manifestam por medo, por sinal medo que desaparece conforme a situação, vi isso ontem ao construir uma obra de arte, a Morte, quando perguntei para a spin porteira o que ela via naquilo ali e ela ficou em silêncio e disse que sabia mas não conseguia expressar o que estava vendo sentindo e depois me deu uma verdadeira aula ao falar sobre um filme que havia assistido na noite anterior sobre o holocausto.

 E no exato momento em que construíamos a obra recebeu uma ligação de sua mãe sobre a morte de um ente familiar que sofria de obesidade, não obesidade do ego mas físico, ela me disse que ela era muito bonita e tinha 30 anos, pesava mais de 200 kg, fez uma cirurgia num hospital do DF e morreu de infecção generalizada, entendo, aquilo ali era parte daquela obra que estava sendo vivenciada naquele momento, fotos e videos serão baixados na medida do tempo Hum...que banho gostoso Hum...que banho delicioso

Um momento, vou alimentar-me com pedaços da via láctea, quer dizer, farinha láctea, quer dizer, ele, aquele cujas palavras revelações provocam o que significam: Carne se escreve carne carniça. Elemento da obra: 10 tábuas de bater carne que o Spin Ñ Sei o Que comprou para sair por ai matando os infelizes. Uma na mão e 9 de reserva. E foi dentro desta sequência chamada Morte que deparou com um spin deicida mas o Spin Ñ Sei o Q achou por bem mão matá-lo com aquela tábua de bater carne matéria pois que, quando de uma vez quando sepultou a Morte numa obra de arte ninguém morreu por dias a fio, por outro lado, por causa do enterro da morte foi puxado para um buraco negro isso que chamam de inferno essa realidade estelar que sofre de obesidade do ego e tudo consome tão grande é o poderio e a vontade de aparecer e tornar visível: Lá quase morri mas não pude libertar-me daquela terrível dor abstrata e só fiquei bom quando soltei a morte.

P.S.- Esse que está representando a obra é Erasmo, um amigo que sofre de misoginia, vi ontem a forma como ele trata sua namorada, vii que ela, belíssima, ficou feia. que tristeza, que decepção, vá se curar meu amigo, isso não rola, chamar a namorada piriguete e mandar ela remover a foto do facebook sob a sentença: Vc está parecendo puta.
Triste
Triste
Triste
Cure-se
Vc é luz do mundo, vi ontem durante a obra mas, por outro lado, precisas se curar desta sua doença crime que o levou a tornar feia sua namorada que, se estava por demais sorridente na foto, não é da sua conta, e por favor ouça o que lhe disse: Vc não tem o direito de mandar no facebook alheio, determinar que imagens podem e não podem ficar, por favor