Visite o SPIN
SPIN01 SPIN02 SPIN03 SPIN04 SPIN05 SPIN06 SPIN07
SPIN08 SPIN09 SPIN10 SPIN11 SPIN12 SPIN13 SPIN14
SPIN15 SPIN16 SPIN17 SPIN18 SPIN19 SPIN20 SPIN21
SPIN22 SPIN23 SPIN24 SPIN25 SPIN26 SPIN27 SPIN28
SPIN29 SPIN30 SPIN31 SPIN32 SPIN33 SPIN34 SPIN35
SPIN36 SPIN37 SPIN38 SPIN39 SPIN40 SPIN41 SPIN42
SPIN43 SPIN44 SPIN45 SPIN46 SPIN47 SPIN48 SPIN49
SPIN50 SPIN51 SPIN52 SPIN53 SPIN54 SPIN55 SPIN56
SPIN57 SPIN58 SPIN59 SPIN60 SPIN61 SPIN62 SPIN63

SPIN64 SPIN65 SPIN66 SPIN67 SPIN68 SPIN69 SPIN70
SPIN71 SPIN72 SPIN73 SPIN74

segunda-feira, 31 de março de 2014

Revelação de sonho desta noite: A história na linha do tempo

Sonhei e distrai-me
E esqueci
Como pude não estar atento para a revelação de sonho
Isso
A arte é isso: O registro daquilo que se nos apresenta
Mas temos que estar atentos
Assim como se fôssemos e somos com o dedo no gatilho para paaaaaa!!!
Registrar
E não registrei
Ocupei-me com questões de forma quando deveria ter escrito o texto que se apresentou na minha mente
Como fazer arte agora desta forma distante
Não gosto
Bom mesmo é a temperatura da obra antes de abrir os olhos
Antes de sair da cama
E como era mesmo
Foi-me revelado uma obra
Tenho leve lembrança sobre ela
Preciso de uma pessoa que me sirva como ALEX*
ALEX sigla para Amparador da Liberdade de Expressão
Ah, agora me lembro, o Alex(andre) expôs umas obras minha em Macapá
Não dei a menor importância, até pareceu desprezo desfeita mas não foi o caso
O problema Alexandre, é que a coisa transcorria no WhatsApp e o meu dispositivo travou
Não funciona mais, estranho meu WhatsApp não funcionar há quase uma semana
Um momento, vou ver
Voltei
Todas as imagens que estavam no dispositivo foram apagadas
Quer dizer, todas não, mas tão somente as do grupo Curador, que era arte
Não uma arte qualquer mas esta arte das mais difíceis e, ao mesmo tempo, (in)significante
Um momento, vou comunicar ao Alexandre o ocorrido
Eu volto
Inté.
Voltei, mas tudo isso é tão tênue
(   ) Efêmero
Tenho medo que, assim como o WhatsApp foi violado, este blog também o seja
Logo agora que a boca do jacaré se fechou
Tradução: É que vinha numa trajetória de postagens sobre o mundo ordinária quando de repente, ao deparar-me com o dia 15, vi que em algum dia havia feito arte(aqui)
Levei um choque: Era eu mesmo?????
Não sei
Um momento
A linha do tempo
Ah sim, agora lembrei-me ao levantar-me
Preciso reconstituir a linha do tempo
Um momento
Volto já com a linha do tempo

Eu tenho coisas na boca do tempo, ops, eu quis dizer linha
Linha do tempo
Linha ou boca, tanto faz

Compartilhei isso no facebook com o seguinte adendo:

HOJE EXPERIMENTEI O MEU LADO ÁGUA
E não é que isso aconteceu
Não esperava não programei apenas aconteceu
Exatamente no momento em que dormia
(    ) De olhos fechados para ver
Não no tempo
Não na linha do tempo mas no tempo em si
O maior mistério: A arte
E por acaso é arte estas coisas que brotam do raciocínio: Evidente que não
Por isso estava-me ocupando com coisas do mundo ordinário
A observar o mundo com uma luneta quando de repente, após postar sobre o golpe contra João Goularte, deparei-me com uma obra de arte no dia 15 no calendário spin
Dormi com aquilo e tive a seguinte revelação: Uma obra de arte
Distrai-me e não apreendi a obra
É o que estou tentando fazer a partir de agora
Lembrar-mE
Em tempo: Agora vi que escrevi ÁGUA ao invés de ÁGUIA
aH tanto faz, pois é assim quando trabalhamos em ponto cego
As coisas tremem,
Inté.


quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Quem matou Jesus



E por acaso é isso que ele recebe em troca por, assim como se fosse e é um atlas, spin deus, humano, carregar o mundo nas costas: Uma criança assassinada como presente na nascente do rio no momento em que construia a obra "O Enterro da Morte" e foi quando enterrou ponta-cabeça os tubérculos cebolas bravas e foi quando decretou que a morte estava enterrada encerrada terminada ao mesmo tempo em que há uma verdade insofismável: A loucura é mil vezes pior que a morte.  É esse o tal barbosismo, essa cykty



E por acaso é isso que ele recebe em troca por, assim como se fosse e é um atlas, spin deus, humano, carregar o mundo nas costas: Uma criança assassinada como presente na nascente do rio no momento em que construia a obra "O Enterro da Morte" e foi quando enterrou ponta-cabeça os tubérculos cebolas bravas e foi quando decretou que a morte estava enterrada encerrada terminada ao mesmo tempo em que há uma verdade insofismável: A loucura é mil vezes pior que a morte.  É esse o tal barbosismo, essa cykty



Alex(andre) spin amigo humano, quase fui assassinado por um deicida
Eles continuam ali
E se por acaso eu for assassinado avisa a minha familia o motivo: A construção de uma obra de arte
Os videos fotos da obra estão comigo e eles estão no meu encalço e por isso estou usando esta buka islâmica cristã
Eu não pensava que o ser humano fosse tão vil e com capacidade tão grande de disfarce
Imagina só que eu estava tranquilo filmando a pode de uma árvore pela Empresa de Limpeza Urbana e o faxineiro me ameaçou de morte e fez sinal de que iria sacar uma arma
Que crime eu estava cometendo é que não sei, até mesmo pq dias atrás fiz o mesmo registro e os empregados escravos faxineiros da Limpeza adoraram e eles até me deram um trono de presente
Francamente não entendi, volto ao assunto, estou em estado de choque
Alexandre, preciso da sua ajuda

Em tempo: Vou ver se consigo publicar dois videos que demonstram pq quase fui assassinado: A arte


ASSIM COMO SE FOSSE UM ATLAS



E por acaso é isso que ele recebe em troca por, assim como se fosse e é um atlas, spin deus, humano, carregar o mundo nas costas: Uma criança assassinada como presente na nascente do rio no momento em que construia a obra "O Enterro da Morte" e foi quando enterrou ponta-cabeça os tubérculos cebolas bravas e foi quando decretou que a morte estava enterrada encerrada terminada ao mesmo tempo em que há uma verdade insofismável: A loucura é mil vezes pior que a morte.  É esse o tal barbosismo, essa cykty




Socorro ALEX AMPAdor da liberdade de expressão, esse não pe Alex e sim Caronte, cruz in credo


sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Luz do Mundo ou: Morte aos infelizes ou misóginos ou homofóbicos ou racistas ou...



 Ao tomar banho ele retornou para a sua caverna de Platão construída conforme a revelação de ontem a tarde quando sonhou olhou foi uns arco-iris: Vc é a luz do mundo e todos o são qualquer um de nós o é: O conhecimento é uma construção coletiva

Todos sabem na mesma quantidade sendo que a única diferença entre um e outro é quanto à cons(ciência) deste saber Muitos não o manifestam por medo, por sinal medo que desaparece conforme a situação, vi isso ontem ao construir uma obra de arte, a Morte, quando perguntei para a spin porteira o que ela via naquilo ali e ela ficou em silêncio e disse que sabia mas não conseguia expressar o que estava vendo sentindo e depois me deu uma verdadeira aula ao falar sobre um filme que havia assistido na noite anterior sobre o holocausto.

 E no exato momento em que construíamos a obra recebeu uma ligação de sua mãe sobre a morte de um ente familiar que sofria de obesidade, não obesidade do ego mas físico, ela me disse que ela era muito bonita e tinha 30 anos, pesava mais de 200 kg, fez uma cirurgia num hospital do DF e morreu de infecção generalizada, entendo, aquilo ali era parte daquela obra que estava sendo vivenciada naquele momento, fotos e videos serão baixados na medida do tempo Hum...que banho gostoso Hum...que banho delicioso

Um momento, vou alimentar-me com pedaços da via láctea, quer dizer, farinha láctea, quer dizer, ele, aquele cujas palavras revelações provocam o que significam: Carne se escreve carne carniça. Elemento da obra: 10 tábuas de bater carne que o Spin Ñ Sei o Que comprou para sair por ai matando os infelizes. Uma na mão e 9 de reserva. E foi dentro desta sequência chamada Morte que deparou com um spin deicida mas o Spin Ñ Sei o Q achou por bem mão matá-lo com aquela tábua de bater carne matéria pois que, quando de uma vez quando sepultou a Morte numa obra de arte ninguém morreu por dias a fio, por outro lado, por causa do enterro da morte foi puxado para um buraco negro isso que chamam de inferno essa realidade estelar que sofre de obesidade do ego e tudo consome tão grande é o poderio e a vontade de aparecer e tornar visível: Lá quase morri mas não pude libertar-me daquela terrível dor abstrata e só fiquei bom quando soltei a morte.

P.S.- Esse que está representando a obra é Erasmo, um amigo que sofre de misoginia, vi ontem a forma como ele trata sua namorada, vii que ela, belíssima, ficou feia. que tristeza, que decepção, vá se curar meu amigo, isso não rola, chamar a namorada piriguete e mandar ela remover a foto do facebook sob a sentença: Vc está parecendo puta.
Triste
Triste
Triste
Cure-se
Vc é luz do mundo, vi ontem durante a obra mas, por outro lado, precisas se curar desta sua doença crime que o levou a tornar feia sua namorada que, se estava por demais sorridente na foto, não é da sua conta, e por favor ouça o que lhe disse: Vc não tem o direito de mandar no facebook alheio, determinar que imagens podem e não podem ficar, por favor

domingo, 3 de novembro de 2013

Pronto?

                                                           Aperte na imagem para ampliar
Não sei
Na verdade esse serviço de arrumação formatação nunca acaba
Sempre noto que alguma coisa não foi feita como deveria ter sido feita, como por exemplo estes 365 links, 1 para cada dia do ano, mais 74 do calendário permanente, mais 70 do calendário de dias úteis. Tive que configurar todos estes mais de 500  links para que abrissem numa nova página, mas fiz isso num piscar de olhos pq com satisfação. Eu deveria ter feito isso corretamente logo na primeira oportunidade, mas não foi assim que ocorreu, por isso este trabalhão todo, mas já concluído, grato, spin ñ sei o q

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

sábado, 30 de março de 2013

Spin inquieto


Ah esse macaquinho não vai mais ficar comigo
Vou dá-lo de presente para o spin cantor
Já está na sacola
Oh que saudade
Que despedida
Mas fazer o que se já fiz uma obra com ele
Compro outro quando for a Sambaiba - Rio Balsas
Talvez eu encontre outro por aqui
Se bem que na verdade as coisas são únicas e não enxames
Que venha somente um indivíduo e saberei dar-lhe o devido troco
Em grupo jamais, isso é coisa se caverna o espirito de bando

sexta-feira, 29 de março de 2013

Spinleaks


visão_forma_conhecimento
 
                   111111111111111111111111111111111111111
                              momento visão
 
 
 
Dormindo, sonhou_olhou_viu ( ou foi?) uma performance sendo realizada no centro de uma cidade-Estado. O cenário era um espaço cercado de tela de arame_alumínio, ao qual o público teve acesso por um portão onde havia um guarda. No interior do espaço_cenário haviam dezenas de caixas retangulares. Cada caixa, de papelão, tinha uma dimensão aproximada de 1 m de profundidade, 1 m de altura e 3 de lagura. Colocada sumas sobre as outras, ficou espaço entre elas. O público_eu_Idéia Sem Matéria_Papa_Fortuna olhando aquelas pessoas mirando aquele amontoados de caixas ficou se perguntado se aquelas pessoas que, no caso, faziam parte da performance, estavam admirando aquela forma ou o que estava dentro das caixas. E dentro das caixas havia alimento. Aquelas caixas haviam chegado pelo correio_sedex e, como o dono não havia buscado, elas estavam ali. O dono teria de pagar 2 reias_dólares por dia, por cada caixa. Um louco que observava a performance saiu correndo do local, ao encontro de  seus amigos e todos, inclusive os mudos_surdos passaram a conversar_festejar. Enfim, aquela cidade-Estado era feliz.
 
                 2222222222222222222222222222
                            momento forma
 Abrir o arquivo anexo para ver a planta baixa da performance
 
 
                    333333333333333333333333
                              conhecimento
                                
  
"Em sua homilia, Ratzinger lembrou que o novo papa não pode se distrair com tendências modernas, mas deve proteger a herança da fé católica.
        Desde a morte de João Paulo 2o., no dia 2 de abril, a mídia e os apostadores têm falado no nome de Ratzinger, o decano do Colégio de Cardeais, como um forte candidato.
       Mas a maioria dos especialistas em Vaticano duvida de que o alemão de 78 anos consiga atrair a maioria de dois terços de votos necessários para chegar ao cargo." (extraído do portal Yahoo!)
-----------------------------------------
Dias atrás, se não se engana, no dia 2 de abril, Idéia Sem Pecado_atrofia_parede_matéria, dormindo_vendo ,  sonhou_olhou_viu ( ou foi) Ratzinger, spin metalúrgico, aliás, decano, pertencente à espécie humana.
   Ontem Idéia foi ao estádio Serra Dourada onde, no páteo ( ou pátio?) foi, com a noite na boca, encontrar-se, em 1991_1.9.91, com João Paulo II, spin papa, humano. Viu que o papádromo está enferrujado. Nas nossas cidades-Estados é assim. Gastam rios de dinheiro para construir uma obra e, depois abandonam-na. Isto ocorreu com as ferrovias. Fazer o que? Depois do jogo veio, não de papamóvel mas de ônibus_bus, para  a Praça da Bíbliba e, daqui, foi para a sede do Vila Nova comemorar a vitória. Ali ficou maravilhado com a presença_visão de 69 cavalos de cor vinho_alazão e um de cor branca. Neste momento viu que ele_ela_eu, o Papa, estava no cavalo branco e os demais, protetores, nos cavalos alazões_vinho. Naquele momento ímpar, a visão do Papa Fortuna em meio aquela festa_cenário_espetáculo_deiscência, lamentou não possuir uma máquina fotográfica para registrar tamanha beleza_deiscência, e não só isso, gostaria de ter registrado, também, o som provocado pelo  contacto dos cascos dos cavalos no asfalto. Como era 70 cavalos, o total era de 280 cascos. Que som inesquecível. Que deiscência ímpar!  Como todos sabes, o Papa Fortuna é  torcedor do Vila Nova, não fanático mas simpatizante_light. Agora, como Papa, está feliz. Se não tem medo de ser assassinado por ser papa? Nem um pouco. É verdade que estes loucos_alucinados_fanáticos_fiés, os ditos cujos, Idéias Sem Matéria, podem querer matar o diferente_papa. Claro, vida se escreve vida_diferença. E morte se escreve morte_igualdade. Ai daquele que quebrar o anonimato. Nem mesmo o médico, em nome do sigilo médico, pode dizer "olha, lá, aquele lá é o verdadeiro Papa. O que está em Roma é falso. Aquele ali, o Papa Fortuna, foi eleito num conclave espiritual, enquanto que o de Roma foi fruto, não de um conclave_conhave mas de  um conclave_conhavo." Aí daquele que fizer isto pois, fazendo, estará colocando em risco a vida do Papa Fortuna que em 1991_1.9.91, num sonho_olhou_foi a seguinte frase, dita em palavra_caixa_voz alta:
 VERÃO O TEU ROSTO E NÃO SABERÃO QUEM ÉS


Grato,
José Carlos Lima
------------------------------
PS: Isto é a continuação da História de Idéia*. Estrutura: o conflito_momentos visão, forma e conhecimento. Objetivo: a existência, ao final de 70 fragmentos, de deiscências (que aqui denominam arte). Somente o spin** médico do Poder Curador*** poderá autorizar a exposição pública de tais deiscências. Espaço: um túnel para a guarda_distanciamento de si. O calendário: Marte (07/01 a 20/03), Júpiter (21/03 a 01/06), Saturno (02/06 a 13/08), Urano (14/08 a 25/10) e Netuno ( 26/10 a 06/01). Cada mês possui 73 dias (74 no 1º mês de ano bissexto), dos quais 70 são dias vivos_diferentes e, os demais, dias mortos_iguais. Idade: o máximo de de espontaneidade_vida no tempo_espaço. Caso desejes parar de acompanhar este enredo, bem como substituir seu e-mail por outro, manifeste-se
____________________
*Idéia: nome do personagem
**spin: sistema poético informativo nato
***Poder Curador: instância máxima da cidade-Estado de Idéia



Yahoo! Acesso Grátis: Internet rápida e grátis. Instale o discador agora!

Spinleaks


visão_forma_conhecimento
 
                   111111111111111111111111111111111111111
                              momento visão
 
 
 
Dormindo, sonhou_olhou_viu ( ou foi?) uma performance sendo realizada no centro de uma cidade-Estado. O cenário era um espaço cercado de tela de arame_alumínio, ao qual o público teve acesso por um portão onde havia um guarda. No interior do espaço_cenário haviam dezenas de caixas retangulares. Cada caixa, de papelão, tinha uma dimensão aproximada de 1 m de profundidade, 1 m de altura e 3 de lagura. Colocada sumas sobre as outras, ficou espaço entre elas. O público_eu_Idéia Sem Matéria_Papa_Fortuna olhando aquelas pessoas mirando aquele amontoados de caixas ficou se perguntado se aquelas pessoas que, no caso, faziam parte da performance, estavam admirando aquela forma ou o que estava dentro das caixas. E dentro das caixas havia alimento. Aquelas caixas haviam chegado pelo correio_sedex e, como o dono não havia buscado, elas estavam ali. O dono teria de pagar 2 reias_dólares por dia, por cada caixa. Um louco que observava a performance saiu correndo do local, ao encontro de  seus amigos e todos, inclusive os mudos_surdos passaram a conversar_festejar. Enfim, aquela cidade-Estado era feliz.
 
                 2222222222222222222222222222
                            momento forma
 Abrir o arquivo anexo para ver a planta baixa da performance
 
 
                    333333333333333333333333
                              conhecimento
                                
  
"Em sua homilia, Ratzinger lembrou que o novo papa não pode se distrair com tendências modernas, mas deve proteger a herança da fé católica.
        Desde a morte de João Paulo 2o., no dia 2 de abril, a mídia e os apostadores têm falado no nome de Ratzinger, o decano do Colégio de Cardeais, como um forte candidato.
       Mas a maioria dos especialistas em Vaticano duvida de que o alemão de 78 anos consiga atrair a maioria de dois terços de votos necessários para chegar ao cargo." (extraído do portal Yahoo!)
-----------------------------------------
Dias atrás, se não se engana, no dia 2 de abril, Idéia Sem Pecado_atrofia_parede_matéria, dormindo_vendo ,  sonhou_olhou_viu ( ou foi) Ratzinger, spin metalúrgico, aliás, decano, pertencente à espécie humana.
   Ontem Idéia foi ao estádio Serra Dourada onde, no páteo ( ou pátio?) foi, com a noite na boca, encontrar-se, em 1991_1.9.91, com João Paulo II, spin papa, humano. Viu que o papádromo está enferrujado. Nas nossas cidades-Estados é assim. Gastam rios de dinheiro para construir uma obra e, depois abandonam-na. Isto ocorreu com as ferrovias. Fazer o que? Depois do jogo veio, não de papamóvel mas de ônibus_bus, para  a Praça da Bíbliba e, daqui, foi para a sede do Vila Nova comemorar a vitória. Ali ficou maravilhado com a presença_visão de 69 cavalos de cor vinho_alazão e um de cor branca. Neste momento viu que ele_ela_eu, o Papa, estava no cavalo branco e os demais, protetores, nos cavalos alazões_vinho. Naquele momento ímpar, a visão do Papa Fortuna em meio aquela festa_cenário_espetáculo_deiscência, lamentou não possuir uma máquina fotográfica para registrar tamanha beleza_deiscência, e não só isso, gostaria de ter registrado, também, o som provocado pelo  contacto dos cascos dos cavalos no asfalto. Como era 70 cavalos, o total era de 280 cascos. Que som inesquecível. Que deiscência ímpar!  Como todos sabes, o Papa Fortuna é  torcedor do Vila Nova, não fanático mas simpatizante_light. Agora, como Papa, está feliz. Se não tem medo de ser assassinado por ser papa? Nem um pouco. É verdade que estes loucos_alucinados_fanáticos_fiés, os ditos cujos, Idéias Sem Matéria, podem querer matar o diferente_papa. Claro, vida se escreve vida_diferença. E morte se escreve morte_igualdade. Ai daquele que quebrar o anonimato. Nem mesmo o médico, em nome do sigilo médico, pode dizer "olha, lá, aquele lá é o verdadeiro Papa. O que está em Roma é falso. Aquele ali, o Papa Fortuna, foi eleito num conclave espiritual, enquanto que o de Roma foi fruto, não de um conclave_conhave mas de  um conclave_conhavo." Aí daquele que fizer isto pois, fazendo, estará colocando em risco a vida do Papa Fortuna que em 1991_1.9.91, num sonho_olhou_foi a seguinte frase, dita em palavra_caixa_voz alta:
 VERÃO O TEU ROSTO E NÃO SABERÃO QUEM ÉS


Grato,
José Carlos Lima
------------------------------
PS: Isto é a continuação da História de Idéia*. Estrutura: o conflito_momentos visão, forma e conhecimento. Objetivo: a existência, ao final de 70 fragmentos, de deiscências (que aqui denominam arte). Somente o spin** médico do Poder Curador*** poderá autorizar a exposição pública de tais deiscências. Espaço: um túnel para a guarda_distanciamento de si. O calendário: Marte (07/01 a 20/03), Júpiter (21/03 a 01/06), Saturno (02/06 a 13/08), Urano (14/08 a 25/10) e Netuno ( 26/10 a 06/01). Cada mês possui 73 dias (74 no 1º mês de ano bissexto), dos quais 70 são dias vivos_diferentes e, os demais, dias mortos_iguais. Idade: o máximo de de espontaneidade_vida no tempo_espaço. Caso desejes parar de acompanhar este enredo, bem como substituir seu e-mail por outro, manifeste-se
____________________
*Idéia: nome do personagem
**spin: sistema poético informativo nato
***Poder Curador: instância máxima da cidade-Estado de Idéia



Yahoo! Acesso Grátis: Internet rápida e grátis. Instale o discador agora!

quarta-feira, 27 de março de 2013

Spin doente ou Tenho dois nomes ou olhos ou seres

Estou com uma terrível dor de cabeça no lado direito do cérebro olho ser
Não sei o motivo, pode até ser que eu morra nesta noite, sinto solavancos no coração
O motivo não sei, talvez stress
Talvez que eu tenha ficar recolhido por estes dias, ontem à tarde fui ao lixo da justiça recolher coisas
E fiz isso sob intenso medo, uma vez que a polícia limitar militar, ao que tudo indica, me vigia
Processo kak, opss, q, ops
Kafka, spin,,...wau, esqueci o nome, como eh mesmo, aquele processo dos vários personagens nomes olhos seres
Vc que tem vários nomes na verdade não tens sequer um nome pois que vives submersos por uma questão de medo ou autodefesa assim como nesta noite quando sonhei ou olhei ou fui vários patos flamingos marrons  sobre o lago quando foram contados e eram seis ou sete não me lembro ao certo fora um que estava oculto pois que assim como se fosse era spin anfíbio andava sob as águas
É assim que tenho que andar nesta cidade
Oculto para poder continuar minhas obras
Talvez eu morra nesta noite
Caso eu morra continue minha obra alias minha mão mas do 
Eu não sou ninguém
Apenas abro a porta ou face ou testa para entrar e, ao final, sair pelos pés rumo ao centro do universo como se fosse e e energia força fragilíssima fortíssima ou ..,,,,esqueci..
Ah já vive todos estes processos
De forma intensa
Um momento time tempo
Voltei
Em forma de vida ou morte tanto faz
Sou as duas coisas e não apenas uma tenho dois nomes: JL morte e vida


segunda-feira, 11 de junho de 2012

Fwd: 1/70


Mensagem original
De: jose carlos lima < jose.carlos.lima@hotmail.com >
Para: edson_barrus@ig.com.br
Cópia:neymatogrosso@uol.com.br,passetti@matrix.com.br,joao@glx.com.br,dani.psic@bol.com.br,ladgero@terra.com.br,clmelo@cultura.com.br,contato@olhosalma.com.br,efiterman@brturbo.com,bentoxvi@vatican.va,protocolo@planalto.gov.br,jl2006@uol.com.br,loganalise@loganalise.com,alexandre.pereira@unifap.br,pvj@terra.com.br,fabio.tremonte@uol.com.br,ateus@ateus.net,edneyantunes@hotmail.com,carlosbrandao@dm.com.br,o_melhor_anjo_@aeiou.pt,mlontra@uol.com.br,brasigoisfelicio@hotmail.com,etetuba@uol.com.br
Assunto: 1/70
Enviada: 06/03/2006 09:31

Dúvida: abandonar o mundo imaginário e cair na real? Não sei. Quais são meus
planos neste momento?
( ) Ler edson passeti
( ) Criar um podcasting=rádio=audioblog para refugiar-me=emba lar-me no
personagem Idéia, cuja fala=discurso, no momento sessões de terapia, agora
sei... no divã....poderão ser ouvidas num podcasting. Já tem material a ser
inserido no podcast: a última sessão com a terapêuta. Incorporado por
Idéia, disse à terapeuta:
O mundo não é tão novo assim.
Neste momento específico em que todas as autoridades,
formais e informais, começam com B=beta:
Bin Laden
Bush
Bento 16
Blair
Berlusconni
Bispo Silas Malafaia
Benjamin N., Israel
Trata-se de uma trama
Foi tudo programado. Esta completa a turma beta
O mundo era novo quando estávamos há quase 700 mil anos em
escala astronômica
O ano começou a ser contado quando Idéia percebeu-se a si mesmo
Foi assim
Era manhã
Idéia viu-se em cima de uma árvore, num galho horizantal que apontava para o
poente
Sentiu a sensação do atrito entre o seu corpo e o co rpo da árvore, uma
percepção até então inexistente
Percebeu seus braços longos, talvez por ser um pouco corcunda
Sentiu o que até então não sentido: o seu ventre
Uma eqüidistante sensação de maternidade
Levou as mãos ao ventre
Foi quando percebeu-se ainda mais
Viu o que até então não havia visto: a distância
Até então Idéia não possuía a noção de distância
Estranho, muito estranho isso
Foi quando sentiu-se longe, bem longe do seu ponto de partida
Olhou em direção ao infinito, onde o sol se põe
Viu o quanto estava diante de onde partiu
Sentiu-se so
Teve saudade
Sentiu-se longe
Gritou
Foi quando percebeu que não poderia gritar com toda a desenvoltura do seu
espírito=desejo
Não poderia gritar porque a sua garganta estava impedida por cartilagens
Mas gritou assim mesmo
Os seus pares perceberam o grito
Foi quando o tempo começou a ser con tado
Isto há 777.777 anos atrás
.
.
.
.
Para não receber o próximo email responda esta mensagem com cancelar


José Carlos Lima

_________________________________________________________________
Ganhe tempo encontrando o arquivo ou e-mail que você precisa com Windows
Desktop Search. Instale agora em http://desktop.msn.com.br

A História de Idéia (continuação). Até então... até não ser vítima de Idéia Sem



De
:
jose carlos lima 

A História de Idéia


O mundo deu muitas voltas para que a gente se
encontrasse novamente. No entanto estamos aki=aqui. Haveremos de homologar
uma nova ortografia, novos sinais de pontuação, uma nova cartografia, um
novo calendário, um novo jeito de olhar=ser.
Atenção e rejeição
Elevada auto-estima e fossa=fundo do poço
Tristeza
Dias atrás, durante a dormência,
sonhei=olhei=vi=fui o spin cantor Ney Matogrosso aos 80 anos de idade. Em
sinal de pobreza, esta pobreza=desleixo=esquecimento característica=típica
dos poetas ou de quem vivem em permanente estado de poesia=olhar=seição. Lhe
faltava um dente na boca e vi isto como sinal de pobreza material=social.
Naquele momento ele saiu do seu barracão e estava ocorrendo, há poucos
metros dali, uma grande baile=festa popular.
Quando qualquer filhote de animal nasce, se ocorre
a rejeição por parte da mãe, o destino é a morte. Por isso não rejeitemos
nossos velhos. Não rejeitemos nossos filhos. Consta em sua biografia, que
faz parte da história do spin cantor Ney Matogrosso a rejeição por parte do
pai. Isto é terrível.
Neste momento, um spin médico=terapeuta me diria.
Não se esqueça o Ney Matogrosso. Cada um sabe de si, “a dor e a delicia de ser o
que é...” ( Caetano Veloso ). Quanto a ver-se através do outro, isto é
natural. Foi passando por tudo o que passei, por tantas de morte, tantas
violências, tantos apuros, a vida por um triz, que compreendi o quão danoso
é o personagem=realidade Idéia Sem Rosto.
Rosto, não entendia nada o que era isso. Tive que
passar pela experiência. Tive o privilégio de estar cara-a-cara com Idéia
Sem Rosto. Ele roubou todos os meus arquivos. Todas as minhas palavras. Ele,
por um bom tempo, praticamente durante 24 horas, me iludiu, tomou conta de
mim e levou tudo.
Por isso não tenha a menor dúvida. Idéia Sem Rosto
é o ser mais abjeto=imundo do mundo. Idéia Sem Rosto é capaz de levar
homofóbicos à masturbação vendo um homossexual se passando por mulher. Idéia
Sem Rosto é terrível. Não se aproximem de Idéia Sem Rosto. A respeito de
Idéia Sem Rosto, dias atrás, num sonho, o spin cantor Ney Matogrosso, se
referindo a ISR, Idéia Sem Rosto, disse: “ele não é flor que se cheire... E
pensou o seguinte: não aceite ajuda dele... não permita que ele não ponha a
mão em nada seu...nem mesmo na sua mala=bagagem.”

É isto. Eis Idéia Sem Rosto. A morte. O furto. Ate
( o Erro), uma divindade alegórica=real=grega=romana. Ah, como o mundo seria
bom sem a presença=existência de Idéia Sem Rosto. Será possível este
paraíso?





Grato,

José Carlos Lima

Goiânia - Rio Meia Ponte

domingo, 15 de janeiro de 2012

Jornalista relata momentos de pânico no navio acidentado

Pode parecer óbvia a comparação com o Titanic, mas a sensação era essa’, diz Alana Rizzo, jornalista do 'Estado' e vítima do naufrágio. Ela passava as férias com os pais no cruzeiro


Um, dois, três, quatro torpedos... Em curtas mensagens de textos repassadas pelo celular, a repórterAlana Rizzo, do Estado, relatou o desespero de passageiros e tripulantes que estavam a bordo do Costa Concordia. De férias na Itália, a repórter conduziu seus pais pelo labirinto de cabines e corredores do transatlântico até os botes salva-vidas. Eis o depoimento:
"O jantar estava sendo servido quando ouvimos um forte ruído. Pratos e copos começaram a deslizar e sentimos o navio tombando. A primeira reação foi correr para os andares mais altos. Chegamos à nossa cabine no oitavo andar e pegamos casacos e coletes. Aproveitei para pegar o celular que estava com sinal, o que não era comum durante a navegação. A tripulação tentava nos acalmar e dizer que a situação estava controlada. Insistiam para que ficássemos nas cabines, mas muitas portas estavam travadas com o peso dos moveis arrastados. Passageiros estavam feridos por estilhaços de vidro e outros tantos, em pânico. Decidimos descer até o andar dos botes. A luz dos corredores apagava e alarmes de emergência cifrados começaram a ser disparados. Ninguém sabia o que estava acontecendo até sentirmos o navio tombar mais uma vez, e cada vez mais rápido.
A entrada nos botes foi confusa. Crianças de colo, idosos em cadeiras de rodas, famílias inteiras tentando se salvar. Regras de prioridade obviamente não eram respeitadas e todos queriam entrar. Sabíamos que não havia barcos suficientes para as quase 5 mil pessoas a bordo. O bote demorou a descer, aumentando o desespero. A tripulação gritava por socorro.
Consegui ver um farol e algumas luzes, o que nos fez crer que estávamos próximos à terra. Quem não conseguia embarcar nos botes entrava em um desespero maior ainda. O bote nos levou até a Ilha de Giglio. Centenas de pessoas de todas as nacionalidades tentavam localizar parentes. Os 800 moradores da ilha nos recebiam com cobertores e chá quente.
O cenário era desolador. De longe víamos helicópteros tentando resgatar quem estava nos andares mais altos e barcos saíam em busca de quem tinha se atirado na água gelada. Pode parecer óbvia a comparação com o Titanic, mas a sensação era essa. Sem nenhuma informação, as pessoas vagavam pela margem da ilha. Fazia muito frio e as pessoas se enrolavam em sacos plásticos, papéis, o que aparecesse pela frente.
Ficamos na igreja local até um ferryboat chegar para nos levar ao continente. Desembarcamos em uma cidade que até agora não sei o nome. Hospitais de campanha tinham sido montados, a Cruz Vermelha distribuía cobertores e nem sinal de representantes da empresa. Fomos levados a um ginásio. Os rostos estavam desolados e as pessoas ainda tentavam entender o que tinha acontecido. Contavam-se ainda mortos e desaparecidos."
No Estadão

domingo, 29 de março de 2009

Relato de sonho

Nesta noite sonhei que encontrei-me com o professor de artes visuais Paulo Veiga Jordão
Ele trajava uma camisa de cor clara e uma calça azul
Eu havia feito uma pintura, uma releitura de uma obra de Picasso
Coloquei a obra para secar e foi roubada
Quando voltei no dia seguinte já era
Por isso desisti da pintura
Se bem que eu gostaria de reconstituir a obra roubada

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Pavarotti



Pavarotti, spin tenor, humano
Mais uma nau batizada
Pavarotti deixou-nos o conhecimento, sua arte, ao invés de apenas ossos = penas no cemitério